Iniciação Científica

A Iniciação Cientifica é um instrumento que permite introduzir os estudantes de graduação, potencialmente mais promissores, na pesquisa cientifica. É a possibilidade de colocar o aluno desde cedo em contato direto com a atividade científica e engajá-lo na pesquisa. Nesta perspectiva, a iniciação científica caracteriza-se como instrumento de apoio teórico e metodológico à realização de um projeto de pesquisa e constitui um canal adequado de auxílio para a formação de uma nova mentalidade no aluno. Em síntese, a iniciação científica pode ser definida como instrumento de formação.
Assim, é fundamental compreender que a iniciação científica é uma atividade bem mais ampla que sua pura e simples realização mediante o pagamento de uma bolsa.
Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica – PIBIC.
Manual do Usuário – Resolução Normativa 019/2001

Bolsas

As bolsas de iniciação científica são oferecidas pelas seguintes agências governamentais: CNPq e FAPESP

CNPq – O CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) oferece bolsas a alunos de cursos de graduação, a partir do 3o semestre letivo, indicados por pesquisadores qualificados para participarem, sob sua orientação, de projetos de pesquisa que estejam desenvolvendo.

FAPESP – A FAPESP (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) oferece bolsas a alunos de cursos de graduação, para desenvolverem atividades de pesquisa sob a orientação de um pesquisador experiente com a titulação mínima de doutor. Exige-se do aluno a aprovação prévia nas disciplinas que possam propiciar a base necessária para o desenvolvimento da pesquisa.

OBJETIVOS

Orientadores:

  • Estimular pesquisadores produtivos a engajarem estudantes de graduação no processo acadêmico, otimizando a capacidade de orientação à pesquisa da instituição;
  • Estimular o aumento da produção científica;
  • Estimular o envolvimento de novos pesquisadores na atividade de formação;

Bolsistas:

  • Preparar os alunos para a pós-graduação;
  • Despertar vocação científica e incentivar talentos potenciais entre estudantes de graduação, mediante sua participação em projetos de pesquisa;
  • Introduzir o jovem universitário no domínio do método científico;
  • Proporcionar ao bolsista, orientado por pesquisador qualificado, a aprendizagem de técnicas e métodos, bem como estimular o desenvolvimento do pensar cientificamente e da criatividade decorrentes das condições criadas pelo confronto direto com as dificuldades à geração do conhecimento;
  • Despertar no bolsista uma nova mentalidade em relação à pesquisa.

LINKS